Consultor defende ambiente de trabalho favorável para fomentar criatividade

27/11/2018   15h31

 

O consultor José Anchieta entrou no auditório da Casa da Indústria ao som de “Preciso de Você”, música do cantor e compositor baiano Netinho. O próprio Anchieta cantou e dançou, com uma interpretação que deixou o público de pé e acompanhando, com palmas, o ritmo da interpretação.

 

Assim, José Anchieta abriu a programação, que foi promovida pelo IEL-RN, e logo no início da deu o tom da animada palestra que, na manhã desta terça-feira, motivou profissionais de recursos humanos a utilizarem técnicas que permitam as empresas valorizaram e incentivarem a “Employee Experience” (experiência dos funcionários).

 

Essas técnicas, afirmou, permitem que os empreendimentos tenham um ambiente favorável a que estejam inseridos na realidade do século 21 e não fiquem limitadas por hábitos de uma época que está superada.

 

 

José Anchieta destacou que, sem esta motivação, o cotidiano dos profissionais de Recursos Humanos, dos gerentes ou diretores da empresas pode ficar mais restrito a “apagar incêndios”, sem aproveitar a criatividade dos  colaboradores, que estarão engajados nas suas atribuições e inseridos nos objetivos estratégicos da empresa.

 

O consultor fez um panorama das necessidades que precisam estar no foco das empresas, principalmente no setor de Recursos Humanos, em uma sociedade cada vez mais dinâmica e digital. Isso significa agilidade para adaptação. Ele desenvolveu também dinâmicas para que os participantes assimilassem os métodos que aproveitam o potencial da “Employee Experience”.

 

Ao longo das atividades que conduziu no auditório na manhã desta terça-feira, 27, José Anchieta alertou para as situações nas quais empresas não são criativas. Segundo ele, essas empresas são “orientadas por achismos, possuem uma estrutura rígida, têm medo do novo, desenvolvem uma cultura não colaborativa, penaliza os erros, centraliza o conhecimento e ficam limitadas pela hierarquia”.

 

Ao passo que, destacou, as empresas criativas têm as seguintes características: orientação para o mercado, flexibilidade, liderança participativa e transformadora, adaptação continua, conhecimento compartilhado, tolerância ao fracasso, sistema de incentivos, comunicação abertura e transparente e estrutura leve.

 

 

A Superintendente do IEL-RN, Maria Angélica Teixeira destacou que a instituição tem um planejamento com o qual oferece uma série de cursos, programas, palestras e atividades que ajudam as empresas a serem criativas e estarem no rumo da indústria 4.0. Ela também citou serviços do IEL que estão disponíveis aos empresários, líderes corporativos e profissionais. Esses serviços estão detalhados no site do IEL-RN (http://www.rn.iel.org.br/).

  • Juntos Pelo Desenvolvimento

  • Por uma indústria segura, saudável e produtiva.

  • Com a Indústria pela Inovação, Produtividade e Sustentabilidade.

  • Somos o elo entre o Saber e o Fazer.

  • A força do Brasil na indústria.