CNI e IEL promovem imersão em ecossistemas de inovação na Itália e Suíça

31/08/2018   14h18

 

Confederação Nacional da Indústria (CNI) está com inscrições abertas para a 12ª edição do Programa de Imersões em Ecossistemas de Inovação, que será realizado entre os dias 15 e 19 de outubro, na Itália e Suíça. A missão reunirá empresários, acadêmicos e integrantes do governo que visitarão indústrias, universidades e centros de referência em pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I). O grupo será formado por até 30 pessoas e passará três dias em solo italiano e dois na Suíça.

 

Esta será a primeira imersão realizada em parceria com uma instituição de ensino. A Universidade de Bocconi, de Milão, organizará as visitas que ocorrerão no Norte da Itália, juntamente com a CNI e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL). Todos os participantes receberão certificado de participação na imersão que será emitido pela conceituada universidade italiana e pela FIA School of Business.

 

A programação da imersão inclui palestras, debates e visitas técnicas a empresas que são referência em design e criação de novas experiências para o consumidor. O roteiro começa em Milão, onde estão previstas visitas às fábricas da Lamborghini e Salvatore Ferragamo, além de intensa agenda na própria escola de negócios da Bocconi. Depois, o grupo segue para Genebra para uma agenda na Organização Europeia para Pesquisa Nuclear, que é o maior laboratório de física de partículas do mundo. A missão empresarial também vai passar por centros de PD&I do Polo de Inovação de Neuchatel e pelo Centro Suíço de Eletrônica e Microtecnologia.

 

REFERÊNCIAS INTERNACIONAIS – A superintendente do IEL Nacional e diretora de Inovação da CNI, Gianna Sagazio, destaca que a cada imersão o objetivo é explorar ao máximo as potencialidades do local visitado em relação à agenda de inovação. “Sempre que realizamos uma imersão em determinado ecossistema, exploramos as forças daquela localidade”, diz.

 

A Itália, por exemplo, se destaca pela inovação nas áreas de design, modelos de negócios e serviços. A Suíça, por sua vez, foi incluída no roteiro da imersão em razão de o país aparecer com frequência nas primeiras posições de rankings que medem a inovação. O país europeu é o primeiro colocado do Índice Global de Inovação, divulgado em julho, ranking no qual o Brasil aparece apenas na 64ª colocação.

 

De acordo com Gianna Sagazio, a ideia das imersões é criar oportunidades ao empresariado brasileiro de atualização em relação aos temas de maior relevância para a competitividade de seus negócios, bem como estimular a cooperação multilateral. “O programa garante aos atores do ambiente de inovação brasileiro oportunidades exclusivas de acesso ao que há de mais avançado em tecnologia, infraestrutura, modelos de negócio e gestão, além de talentos para pesquisa, desenvolvimento e inovação”, detalha a diretora de Inovação da CNI.

 

RESULTADOS – O Programa de Imersões em Ecossistemas de Inovação foi idealizado pela Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI) – grupo constituído por 200 das maiores lideranças empresariais do país. As missões lideradas pela CNI e o IEL têm colhido resultados importantes em termos de projetos concebidos a partir do esforço de aproximação da indústria brasileira com o que há de mais avançado no mercado.

 

Desde a primeira imersão, realizada no começo de 2016 nos Estados Unidos, mais de 200 executivos de uma centena de organizações participaram do programa. Nessas missões, foram visitados cerca de 80 centros, empresas e instituições que atuam em projetos de fronteira. Dos resultados mapeados, destacam-se negociação para parcerias em PD&I, parcerias do tipo B2B, revisão de portfólio e governança para inovação de empresas participantes, além da revisão de currículos de instituições de ensino que integraram as delegações.

 

Os interessados em participar da imersão à Itália e à Suíça devem fazer inscrição pelo site do Programa de Imersões da MEI ou enviar e-mail para a coordenadora do Programa, Cândida Oliveira – candida.oliveira@ielcni.com.br.

  • Juntos Pelo Desenvolvimento

  • Por uma indústria segura, saudável e produtiva.

  • Com a Indústria pela Inovação, Produtividade e Sustentabilidade.

  • Somos o elo entre o Saber e o Fazer.

  • A força do Brasil na indústria.