Sindicer se reúne na Casa da Indústria para definir as ações que serão desenvolvidas pelo Inovacer em 2018

27/03/2018   18h40

 

O Sindicato da Indústria de Cerâmica do Rio Grande do Norte (Sindicer) se reuniu nesta terça-feira, 27, à tarde, na Casa da Indústria. Em pauta, a definição de ações para este ano dos grupos de trabalho do INOVACER (Núcleo de Inovação para Indústria de Cerâmica Vermelha Potiguar), o Procompi (Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias) e uma apresentação do Projeto de Gestão da Inovação – Convênio CNI/SEBRAE.

 

Entre as tarefas pré-definidas pelos grupos para 2018, do qual fazem parte dez cerâmicas, constam: Diagnóstico das empresas que aderiram à proposta de implantação do Inovacer; Estudos para caracterização dos tipos de argila no RN; Proposta para implantação do B+P; Estudos de eficiência energética; Estudos sobre energias renováveis; Melhorias de segurança no trabalho; Aspectos ambientais (licenciamento de fábricas e jazidas); Tratamentos de resíduos; Construção de manuais para a indústria cerâmica; Articulação com os sindicatos da construção civil (Mossoró e Natal), COPERCON e Associação de Pequenos Construtores: estudo de mercado; Norma de desempenho; Melhoria no processo logístico; Novos produtos e design.

 

 

O Inovacer foi formado em setembro de 2017 por empresas do setor cerâmico, universidades, Sistema FIERN, IFRN, sindicatos patronais, construtoras, fornecedores, Governo do Estado (SEDEC), CREA e CAU. O objetivo do Núcleo é fortalecer o setor da indústria cerâmica vermelha e construção civil do Estado, através da inovação, priorizando ações em sistemas de gestão, processos produtivos e melhoria da qualidade dos produtos.

 

Participaram da reunião o presidente do Sindicer, Vargas Soliz, o vice-presidente da FIERN, Pedro Terceiro de Melo, a superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Angélica Teixeira, a gestora do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação do RN, Susie Macedo, e o consultor do Sebrae, Edilton Cavalcanti.

 

A superintendente do IEL falou sobre o Procompi (Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias), parceria entre a Confederação Nacional da Indústria – CNI e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae para elevar a competitividade das empresas industriais de menor porte, por meio do estímulo à cooperação entre as empresas, à organização do setor e ao desenvolvimento empresarial e territorial. Por meio de projetos submetidos por federações estaduais de indústrias e unidades do Sebrae, grupos de empresas de pequeno porte do mesmo setor recebem capacitação e consultoria para alavancar a produtividade e eficiência nos negócios.

  • Juntos Pelo Desenvolvimento

  • Por uma indústria segura, saudável e produtiva.

  • Com a Indústria pela Inovação, Produtividade e Sustentabilidade.

  • Somos o elo entre o Saber e o Fazer.

  • A força do Brasil na indústria.